quarta-feira, 20 de novembro de 2013

ZUMBI DOS PALMARES, O PRECURSOR DA IGUALDADE RACIAL! ZUMBI DA CONSCIÊNCIA NEGRA!

ACIMA DE TUDO A CONSCIÊNCIA TEM QUE SER HUMANA EM DEFESA DOS SERES HUMANOS. A CONSCIÊNCIA TAMBÉM É VERDE EM DEFESA DO MEIO AMBIENTE!


INDEPENDENTE DE COR, SEXO, RELIGIÃO, CONDIÇÃO SOCIAL OU POLÍTICA, OU; TIME DE FUTEBOL. A CONSCIÊNCIA TEM QUE SER HUMANA PORQUE SOMOS TODOS SERES HUMANOS. PORQUE SOMOS TODOS FILHOS DE UM ÚNICO DEUS... LEMBREM-SE DISSO!

15/11 - 446ª Edição do programa America no Coração da Baixada, no ar:

VIVA! ZUMBI DOS PALMARES, O GUERREIRO PRECURSOR DA IGUALDADE RACIAL!

SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS?

Dos Estúdios Nelson Medeiros, Rádio Tropical, programa "America no Coração da Baixada para o Mundo:
 Da esquerda, Edna, Ivonete Silva de Mendonça, Presidente do CEDINE, Pagodeiro Hei de vencer, Wanderley Luzia Pereira, Presidente do CCAM, Padre Carlos do Nascimento, Flavia dos Santos, Mary Monteiro, Macedo Griott, Jorge Jaime, Neide Pereira, Claudinho Reza Forte e Mauro Murad

Nossa! Adoro quando chega o mês de novembro, porque considero o mês dos verdadeiros humanos, filhos de Deus, que lembram, de brindar a vida humana como um Direito Divino presenteado, a nós, por nosso Deus, Criador de todos os Seres Vivos e Não Vivos que fazem deste Planeta e do Universo único, em beleza, graça, sabedoria, paz, amor e união. (palavras ditas e vividas por Mary Monteiro, produtora e apresentadora deste programa que frisou, o quanto, estava feliz e honrada com a presença de todos.)
No quadro “Culturando no America” deste mês, apresentamos convidados que fortalecem a Consciência Humana, celebrando a Consciência Negra, através, do Mártir Zumbi dos Palmares, o Guerreiro Precursor da Igualdade Racial, em parceria com o CCAM (Centro Cultural Afro Mesquitense), representado por seu Presidente, Wanderley Luzia Pereira, que tem nos enriquecido com convidados ilustres, afro descendentes, de diferentes instituições, que promovem a, Igualdade Racial e os Direitos do Negro, como a Sra. Ivonete Silva de Mendonça, Presidente do CEDINE (Conselho Estadual dos Direitos do Negro) e Flavia dos Santos, representando a Secretaria Municipal de Igualdade Racial e Diversidade Cultural de Mesquita, também, Macedo Griott, ativista cultural, cantor, compositor e contador de História Matrizes Africanas, entre outros...

Da esquerda: Ivonete Silva de Mendonça, Presidente do CEDINE, Mary Monteiro, produtora e apresentadora do programa, Padre Carlos do Nascimento da Paróquia de São Domingos, Niterói, Wanderley Pereira, Presidente do CCAM 
   
Foi um programa muito especial que contou também, com a presença do Padre Carlos do Nascimento, (Padre Carlinhos) da Paróquia de São Domingos de Niterói, que deu sua benção para todos os presentes, ouvintes do programa e para a rádio Tropical, falou também sobre futebol, relembrando o título de 60 conquistado pelo AFC, para deleite da Tia Ruth e demais torcedores do America, declarou ser o futebol sua segunda “paixão” depois da Igreja, estava feliz e agradecido por participar de um programa em prol dos Movimentos Afros Descendentes, com tantos convidados ilustres, sentindo-se honrado.

Muito proveitosa e sábia foi à participação da Sra. Ivonete Silva de Mendonça, Presidente do CEDINE, ao abrir um leque de benfeitorias e propostas que estão sendo realizadas e discutidas no âmbito Estadual e Nacional, em benefício dos afros descendentes... Falou da importância de estar compondo aquela mesa um sacerdote da Igreja Católica, dirigindo-se ao Padre Carlos do Nascimento, agradecendo por sua presença e apoio aos Movimentos Afros Descendentes. 
Também foi muito proveitosa à exposição feita por, Flavia dos Santos, da Coordenadora Municipal da Igualdade Racial e Diversidade Cultural de Mesquita que, entre os benefícios realizados em prol dos afros descendentes em Mesquita, salientou o trabalho que está sendo realizado com as mulheres recolhidas aos presídios...

Da esquerda, sentados:  Ivonete Silva de Mendonça, Presidente do CEDINE, Mary Monteiro, Padre Carlos do Nascimento, Paróquia São Domingos, Niterói, Flavia dos Santos, representando a Coordenadoria Municipal pela Igualdade Racial e Diversidade Cultural de Mesquita, em pé,  Wanderley Luzia Pereira, Presidente do CCAM.


Nos intervalos musicais, cantando e encantando aos presentes e ouvintes, contamos com o brilhantismo do Mestre Mauro Mudad, cantor e compositor e de Macedo Griott, ativista cultural, cantor e compositor, contador de História Matrizes Africanas que nos presenteou cantando em Yorubá (uma linguagem africana) uma canção de sua autoria, algo assim; muito forte e místico para a ocasião, falou também; um pouquinho de seu trabalho em prol dos Direitos do Negro. Lembrando que estaremos até o final deste mês, de novembro, celebrando Zumbi dos Palmares pela Consciência Humana.

Da esquerda: Edna, Pagodeiro Hei de Vencer, Ivonete Silva de Mendonça, Padre Carlos do Nascimento, Wanderley Pereira, Flavia dos Santos, Mary Monteiro, Natalia Pereira, Neide Pereira, Claudinho Reza Forte e Mauro Murad. 

Cantando e encantando o Mestre Mauro Murad
Cantando e encantando, Macedo Griott, em Yorubá


















0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes