sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Programa feito com ilustres torcedores do AFC...

21/09/2012 - 387ª Edição do programa America no Coração da Baixada no ar:


Nossa! Caiu um temporal no Rio de Janeiro!

Mary Monteiro, produtora e apresentadora do programa conseguiu chegar apesar do tempo... mas os convidados não conseguiram, isto quebra qualquer pauta... mas não neste programa... Por que? Quando o convidado não consegue chegar o programa é feito (por telefone) com os ouvintes ou, com ilustres torcedores Americanos... É algo que dá muito prazer a Mary Monteiro, poder falar com seus ouvintes, ouvi-los, receber todo o carinho que eles tem por ela, é algo que não tem preço... Neste programa não poderia ser diferente, sem a presença dos convidados... eles entraram em cena; o casal 20 do AFC, Paulinho Pereira e sua esposa Ivone Amitrano. Ele, Paulinho, é cantor e compositor desde os tempos da Jovem Guarda, com sua voz macia numa perfeita sintonia, continua cantando seus sucessos e relembrando este tempo que, com certeza, não morrerá jamais. Ela, Ivone, é atriz, cantora, escritora e animadora cultural, um doce de ser humano, perfeita em tudo que faz, daí o sucesso em sua vida... um exemplo de casal a ser seguido e admirado... Sempre que possível, eles recebem em sua casa, para assistirem ao programa pela internet, Tia Ruth, 87 anos, torcedora símbolo do AFC e comentarista esportiva deste programa, ela é vizinha deles... A participação da Tia Ruth no programa é aguardada com ansiedade pelos ouvintes que adoram ouvi-la falar sobre o America Football Club e dos outros clubes de futebol, mostrando-se muito eloquente e atualizada sobre os resultados faz seus comentários sempre com muita sutileza, delicadeza e inteligência, sendo muito elogiada... 

Paulinho Pereira, (por telefone) cantou, acompanhado por seu violão sucessos de sua autoria e lembrou Roberto Carlos.

                          
   

Na verdade, quase no final do programa chegou o ilustre cidadão baixadense, João Leite, artista renomado, considerado uma enciclopédia literária, uma referência da cultura brasileira, um dos grandes amigos deste programa. A atriz, Thassia Gabrieli, produtora e apresentadora do quadro "Nas Ondas da Gaby", um espaço dedicado a juventude na faixa etária dos 12 aos 19 anos, mostrar seu talento cultural, também contribuiu no desenrolar do programa com muita criatividade...


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Artistas de Guapimirim no programa do America...

 Irio Lima, ao centro, de branco, um verdadeiro forrozeiro

Irio Lima, um artista das artes populares e do folclore, um verdadeiro forrozeiro, com sua voz forte encantou  o público presente na praça... Com dedicação e trabalho transforma a vida destes adolescentes através da  música, ensinando a eles a arte do "maracatu e do bumba meu boi", contando com a parceria de projetos como o Pró-Jovem e o PETI...

Irio Lima, foi agraciado com o Prêmio Baixada 2012 - Artes Populares. Este prêmio é o reconhecimento ao trabalho pelo profissional, em prol do desenvolvimento cultural da Baixada Fluminense

Irio Lima, estará se apresentando no programa America no Coração da Baixada, amanhã, 28/09, das 17 às 18h. Também teremos a participação de Tania Amaro, artista plástica, escritora e produtora cultural, 

A rádio Tropical, AM 830, está localizada na rua Terezinha Pinto, 85, Centro de Nova Iguaçu, o programa é ao vivo também na internet: www.tropical830am.com.br

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Chegaram quase no final do programa, mas deram um show...

Sexta-feira, 14/09 - 386ª Edição do programa America no Coração da Baixada no ar:

Dos estúdios Nelson Medeiros da rádio Tropical AM 830, programa America no Coração da Baixada
Da esquerda: Daniel Art, Flavio Patrocínio, Tiago Bial, Mary Monteiro e Neuza Dantas


Era para ser um programa inteiro cheio de emoções e histórias de sucessos, mas devido ao trânsito caótico em que vivemos, eles só conseguiram chegar no final do programa, enquanto a atração principal não chegava, eu "tricotava" com nossa comentarista esportiva e torcedora símbolo do AFC RJ, Tia Ruth, 87 anos, sempre atenta ao desenrolar do programa, entra em cena, com assuntos relevantes sobre a situação atual do America, tece comentários sobre os outros Clubes, manda recado para torcedores de todas as torcidas organizadas, inflama a paz, sempre lembrando a todos que somos adversários e não inimigos, enfim; ela entra em cena para deleite dos ouvintes que animados ligam, mandando recadinhos pra nossa comentarista esportiva, Tia Ruth... Quem mora em Nova Iguaçu perto da rádio, corre para o programa e aproveita o espaço do convidado atrasado, alguém, também, muito especial para o programa é a nossa querida artista plástica, Neuza Dantas, que chegou e deu seu recado; lembrando a todos sobre a exposição que está rolando no edifício Mercanbank, na rua Otavio Tarquino, 84, Centro de Nova Iguaçu, está exposição de artistas plásticos da Baixada vai até o dia 28 do mês corrente... Então, o papo está rolando e, eis que eles chegam, espavoridos, ofegantes, para deleite de Mary Monteiro que grita entusiasmada: ouvintes, eles conseguiram chegar ...


Quem sabe faz ao vivo, mesmo que seja numa apresentação relâmpago... Um sucesso! Eles voltarão!!!

E com vocês! Flavio Patrocínio, músico, saxofonista e professor de instrumentos de sopro, trabalhando em vários lugares, entre eles, na Academia de Música MOUSIK, no bairro Engenho de Dentro, RJ, também como voluntário numa ONG em Nova Iguaçu, acompanhado por Daniel Art, violão e guitarra que, também, é o arranjador musical do grupo e, na percussão geral, Tiago Bial, foram tantos os instrumentos de percussão trazidos por Tiago que deixaram Mary Monteiro curiosa, mas como o tempo era pouco, praticamente, Flavio Patrocínio, foi o único que consegui falar um pouco sobre sua belíssima história de sucesso artístico  deixando nos ouvintes aquele gostinho de biss... Foi  a apresentação mais relâmpago que Mary Monteiro, já teve no programa, mesmo assim eles foram ótimos e voltarão, pelo menos o telefone da produção não pará de tocar pedindo a volta deles... Curtam um pouco desta apresentação com Sons do Brasil no youtube: mtmmonteiro, sob o título Falvio Patrocínio & Cia.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Programa muito especial de feriadão com convidados ilustres...

07/09/2012 - 385ª Edição do programa de rádio America no Coração da Baixada no ar:

Dos Estúdios Nelson Medeiros da rádio Tropical AM 830, convidados do programa America no Coração da Baixada;
Da esquerda: Thássia Gabrieli, Marisa LGBT, Neemias Barbosa, Nanda Meireles, Mary Monteiro, Jose Carlos, Gilza Carvalho (mãe de Thassia).

Enfim, um feriadão! Todos se deslocando por aí, aproveitando... mas o programa America no Coração da Baixada, foi ao vivo, pelas ondas da rádio Tropical AM 830 e do mundo virtual através da internet: www.tropical830am.com.br... Ah! E com certeza, os convidados compareceram e fizeram deste programa um show de informações, diversão e arte... Falando sobre seu belíssimo trabalho como escritora e mulher vencedora, a belíssima, Fernanda (Nanda) Meireles, autora do romance infanto-juvenil "Aqueça meu Coração", que já está bombando entre os jovens e adultos, o título é bem sugestivo, o romance conta a história de uma adolescente que  teve necessidade de se mudar para um lugar totalmente diferente do seu mundo... e, depois, só lendo o livro que está à venda na livraria Nobel do Norte Shopping e, delicie-se,  viajando numa história linda, romântica e cheia de aventuras... Nanda Meireles era uma das concorrentes ao Prêmio Baixada 2012, Literatura, recebendo a Moção Honrosa por reconhecimento ao seu trabalho, sentindo-se muito feliz e orgulhosa por ter ficado entre os três escolhidos... saibam mais sobre Nanda acessando: www.fernandameireles.com

Da esquerda: Marisa LGBT, ao centro, Mary Monteiro e à direita Nanda Meireles
Como convidado especial, Jose Carlos, compositor, também com uma bonito trabalho dedicado a escrever letras de músicas, lançadas por alguns cantores, foi ele quem escreveu a letra da música em homenagem ao aniversário de 107 do AFC, que teve o arranjo musical e voz de Carol Lelacher, Jose Carlos apresentou novas composições, homenageando, Guapimirim, o Fórum Cultural da Baixada Fluminense, Magé entre outros, na verdade, eram várias composições muito bem escritas, prontas para virarem música na voz de algum cantor... Jose Carlos, deixou seus contatos, jcsantos1@click21.com.br, para os artistas interessados em composições novas.

Da esquerda, Marisa LGBT, Mary Monteiro e Jose Carlos
Recebemos também representantes da AGANIM (Movimento de Direitos Humanos e Cidadania LGBT de Nova Iguaçu e Mesquita), a Vice-Presidente, Marisa, e um dos Diretores, Neemias Barbosa, trazendo um assunto preocupante para os cidadãos de bem, a partir do momento que o Poder Público, este ano, literalmente virou as costas para a Parada LGBT que aconteceu em Nova Iguaçu, conforme exposto pela Vice-Presidente da AGANIM, faltou policiamento, aconteceram assaltos e arrastões, violência contra  pessoas que participavam da Parada, destacou o sumiço de um dos envolvidos no Movimento LGBT, encontrado dias depois morto e torturado, não tinham ambulâncias para socorrer que passasse mal... como falou Marisa, para que a PARADA LGBT acontecesse é necessário que se entregue aos Órgãos competentes  todos os documentos exigidos, ainda mais, se for para fechar uma via pública como a Via Ligth, eles cumpriram todas as exigências em documentação, portanto, era de se esperar o cumprimento da proteção aos Direitos dos cidadãos por parte das autoridades responsáveis. Conforme ressaltou a Vice-Presidente da AGANIM, o público estimado passava dos vinte mil, era visível a participação de famílias e de vários segmentos da sociedade. Mary Monteiro, solidária ao Movimento LGBT colocou à disposição dos representantes, o programa como um canal de informação sobre a resolução dos fatos apurados e resolvidos.

Como sempre, tivemos a participação da nossa querida, Thassia Gabrieli, que produz e apresenta o quadro "Nas Onda as de Gaby", destinado ao público adolescente que, solidarizou-se à causa, demonstrando-se indignada com os fatos apresentados por Marisa, Vice-presidente da AGANIM, achando abominável qualquer tipo de preconceito.

Tia Ruth, comentarista esportiva do programa, torcedora símbolo do AFC, Madrinha e Mestre Griô da Escola de Futebol  America do Amanhã, como sempre, deu sua contribuição ao programa, comentando sobre o AFC e demais Clubes de futebol do RJ.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

OS ZUMBIS DAS EMERGÊNCIAS PRIVADAS

Se você tem um plano de saúde.. este desabafo é pra você ? !

Não podemos permitir que esses sanguessugas nos transformem em zumbis inversos

O que relato a seguir aconteceu ontem, 17/09, pela manhã... Minha netinha de 5 anos, começa a reclamar de dor de barriga, achei que fosse, por ela ter comido besteiras nos aniversários que tinha ido com a família, fim de semana... Liguei para seu pediatra que trata dela desde os 2 anos de idade, marcando a consulta pra tarde, ela não foi ao colégio...  O pediatra de nossa confiança solicitou dois exames, hemograma completo sangue e urina EAS, me falando que estava com suspeita de apendicite ou infecção urinária e precisava ver estes exames no mesmo dia, como moramos no Engenho de Dentro, ele recomendou o hospital Memorial... Questionei? Doutor, eles não atendem Unimed... ele disse: emergência eles atendem, botei urgente no pedido, eles vão atender, assim que ficar pronto me liga dando os resultados, para ter certeza, me deu num papel os números de seus telefones...
  
Chego no Memorial Saúde do Eng. de Dentro, entro num dos prédios e fui logo avisada, emergência, agora,  é no primeiro andar do prédio novo, fui pra lá com minha netinha passando muito mal... Ao abrir a porta do elevador, fiquei chocada, não querendo acreditar no que via... me deparei com uma fila enorme, de pessoas em pé, apoiando-se na parede do corredor que acabava no balcão de atendimento... algo que me lembrou um filme de zumbis, só faltavam estarem deformados, me senti mal, tinha que passar por todos que também estavam passando mal, quase arrastando minha netinha, chorando do meu lado, cheguei ao balcão... Por favor, o pediatra da minha netinha pediu pra fazer estes exames com urgência, porque ela está com suspeita de apendicite, mostrando a guia da UNIMED... a atendente informa, não atendemos este convênio... Eu, tem certeza? O médico botou urgente no pedido e disse que ela seria atendida, porque é emergência, eu moro aqui perto, ela está cheia de dor e vomitando muito... a atendente, consultou a do lado, que, confirmou, não atendemos... olhei pra minha netinha com o coração doendo, desci, fui até o guichê de informações na entrada, expliquei tudo pra atendente (again), ela sensibilizada me diz, vai até o laboratório no prédio ao lado e veja se lá eles fazem... fui, também, não atendiam Unimed... Desesperada, resolvi fazer pela tabela da AMB... A atendente me diz: a sra. vai precisar ir lá noutro prédio pra pagar no caixa... fui para o outro prédio (o primeiro que já tinha passado antes de ir para a tal emergência dos zumbis do 1º andar)... Novamente falo para atendente, quero fazer estes exames pela tabela da AMB (TODOS TEMOS DIREITO A ESTA TABELA QUANDO O LUGAR NÃO TIVER NOSSO CONVÊNIO, O VALOR É O PREÇO PAGO AOS CONVÊNIOS), a atendente, me diz um momento... ela foi consulta não sei o que, (minha netinha começou a jorrar vomito até pelo nariz), um rapaz que aguardava atendimento para um parente: vendo meu desespero tenta me ajudar...  a sra. tem UNIMED, leva ela até o Nortedoor, um hospital novo, deste plano, que fica na Carolina Machado, eu tenho este plano e fui atendido muito bem lá... Eu pra ele: tem certeza que lá eles atendem Unimed? Eu fui atendido lá semana passada, a menina está passando muito mal, isto aqui é horrível se dirigindo ao Memorial... minha netinha parou de vomitar, ele chamou um táxi pra mim, perguntou se o motorista conheci o tal hospital... 

Nesse meio tempo, minha filha, mãe da minha netinha, já dentro de um ônibus vindo do trabalho, estávamos em comunicação todo o tempo, me liga, mãe, não vai pra lá, a Taty esteve lá semana passada com a Lele e não atendem este plano da UNIMED, eu já estava quase chegando, vai pra "Urgência 24h da Silva Rabelo no Méier"... Motorista, vamos para o Méier... 

Chegamos! Numa casa antiga de bairro "transformada numa clinica", com uma recepção pequena abarrotada de crianças passando mal... fui ao balcão de atendimento com 2 recepcionistas, expliquei tudo novamente, o pediatra da minha netinha pediu para fazer estes exames, ela está com muita dor e vomitando... a atendente Lucia: aqui não fazemos exames... Quase tive um ataque, como assim, não tem laboratório? Lucia: temos, mas somente pra quem for consultada pelos médicos daqui... Eu: tudo bem, se é assim, então que seja, me encaminhe ao médico... Lucia: precisa pegar a senha e aguardar... Eu: olha só, ela já foi consultada, só precisa fazer estes exames, pra passar os resultados pro pediatra dela... Lucia: mas não damos resultados para outros médicos que não sejam da clinica... Eu: tá tudo bem, ela está passando mal com suspeita de apendicite, com muita dor, vomitando muito... Lucia, a sra. precisa pegar a senha para o atendimento e aguardar, tem todas estas crianças também passando mal... Eu, me viro para os pais aguardando, já desesperada e peço: pessoal, estou vindo de dois hospitais, ela está com suspeita de apendicite, o pediatra dela pediu pra fazer estes exames, posso passar na frente de vocês??? Todos deixaram! Eu para Lucia, você viu eles deixaram passar na frente.... Lucia: mas a sra. precisa pegar a senha... Quase tive um ataque de loucura... como assim, pra que senha, se os maiores interessados me deixaram passar na frente... Lucia, mas tem que pegar a senha, é norma daqui, todos são atendidos mediante senha... Eu, mas você não está entendendo, eles deixaram passar na frente pra que preciso de senha... por favor, faça a ficha da minha netinha, eles deixaram passar na frente... Lucia, agora não vai dar, o sistema caiu... Eu peço a ela, a outa recepcionista pode fazer a ficha... Lucia, ela não atende sistema da Unimed, levantou e foi para outro lugar, me deixando em pé na frente do balcão com minha netinha sentada passando mal, vovó vou vomitar, chorando... fui pra perto dela e a Lucia não voltava mais de dentro, minha netinha vomitando muito... Quando parou, desesperada, deixei-a sozinha e fui atras de algum responsável da clinica, lá dentro não tinha nada indicando lugar de chefia, entrei num consultório com uma médica atendendo... por favor, expliquei rapidamente em respeito ao paciente, a médica também me disse: precisa pegar a senha para ser atendida... Eu, mas o pessoal deixou eu passar na frente... Médica, a sra. já fez a ficha? Eu, não, a Lucia disse que o sistema caiu e veio aqui pra dentro... Médica, mas ela pode fazer manual... Eu, voltei pra recepção, falei com a outra recepcionista que também me mandou... "pegar a tal senha"... Eu, mas pra que preciso desta senha, mostrando o aparelho da senha, pra que preciso deste papelzinho, se todos me deixaram passar na frente... Ela, a sra precisa pegar a senha, começamos uma discussão... Eu, vocês são lesados ou o que? Ela, a sra não me chame de lesada, se tivesse pegado a senha já tinha sido atendida, já atendi outros pacientes depois que a sra. chegou... Minha netinha começou a chorar... Ela, vou fazer a ficha, continuando a discutir comigo... Eu, tudo bem então, quais os dados que você precisa... enfim, a ficha pronta, mas o resto do atendimento... só Jesus Cristo pra nos proteger... Ah! Minha filha já tinha nos encontrado, desesperada também porque ninguém resolvia o atendimento, me vendo já passando mal, tinha desistido, tinha ido num caixa eletrônico pra pegar mais dinheiro para o táxi, (tinha gastado tudo que levei em táxi) porque já tínhamos decidido ir para outro lugar... quando voltou, eu já tinha conseguido fazer a ficha, me sentindo idiotamente vitoriosa, tive vantagem sobre a máquina da senha, e o atendimento, só Jesus Cristo... ficamos esperandooooooo, até que minha netinha começou a vomitar novamente, do tipo, jorrando até pelo nariz, deixando todos apavorados... Esta menina, precisa ser atendida logo, todos nos ajudaram a invadir, para o setor do atendimento, carregando nossos pertences que estavam caindo, na pressa de socorrê-la, alterados, dizendo: se fosse comigo já tinha criado um pandemônio aqui e ela já estava atendida... Mesmo assim, lá dentro, minha netinha foi sentada numa cadeira perto da enfermaria, esperando pela ficha, depois foi esperar, esperar... nos mandaram voltar para a recepção da entrada, falei que não ia porque estava passando mal, então nos encaminharam para outra recepção lá dentro, vazia, saímos de lá por volta das 22h.. ressaltando, o médico que a atendeu, disse que não tinha nada de apendicite e nem infecção, exagero do colega pediatra, que não precisava sacrificar a criança, só fizemos os exames porque insistimos, ele nos disse que tinha 44 anos na profissão... o resultado deu infecção urinária grave, depois, com medo que a médica da troca de plantão não quisesse passar o resultado para o pediatra dela, entramos no consultório já falando ao telefone com ele que, acertou com ela o tratamento a ser feito... após medicada para o vomito que não passava, o outro médico da vez que tinha de liberá-la, chegou a falar em internação... não deixamos, assim que chegamos em casa, enquanto minha filha foi comprar os remédios, liguei novamente para o pediatra dizendo que ela estava novamente vomitando, ele recomendou um medicamente, depois falou com minha netinha, tranquilizando-a... Estamos em casa, ela emagreceu bastante de ontem pra hoje, está se alimentando e tomando o remedinho horroroso (antibiótico que vai tomar por 14 dias), ela pega o copinho com o remédio e começa a  rezar pro Papai do Céu ajudá-la a tomar, pede pra ficar sozinha, rezando a cada gole, é algo assim muito comovente... que nos deixa feliz por ver que ela, apesar do que passou, continua um anjinho acreditando em   Deus.

Enquanto esperávamos os resultados dos exames, tive novamente, a sensação de estar vivendo num seriado de zumbis de um canal de televisão fechado, me dava um tamanho desespero por ver aqueles pais com seus filhinhos, muitos bebezinhos ainda, tentando consolá-los, enquanto esperavam serem atendidos ou medicados... tinha um casal de jovens com um bebê lindo, o pai também desesperado, andava de um lado para o outro, com o bebezinho chorando sufocando de falta de ar... Eu, aflita perguntei-lhe, o que ela tinha! O pai me disse que ele precisa tomar uma injeção e depois fazer nebulização, lá pelas tantas, este bebezinho começou a vomitar, eu disse pra outras mães, ele botou pra fora a gosma da bronquite ou asma, realmente, se acalmando depois... Outro bebê com um "ovo roxo" imenso na cabeça, estava no colo da mãe, esperando a ambulância para ir fazer uma tomografia noutro lugar, a mãe me contou que também viveu o mesmo drama do "tem que pegar a senha", mesmo depois de todos deixarem-na passar à frente, ela tinha desistido, já estava saindo quando o marido chegou e criou um banzéu para ser atendido, eles tinham vindo do bairro Penha que não tinha atendimento para o bebê pela AMIL, o bebê tinha caído do berço na creche e fora levado para o Hospital Getulio Vargas que fica no bairro deles, mas assim que a mãe soube, foi correndo pra lá, apavorada, tirar o bebê,  porque ficou sabendo que tinham assassinado uma pediatra de lá, infelizmente, como disse, teve que enfrentar o mesmo atendimento que eu (a sra. precisa pegar a senha pra ser atendida, mesmo sendo autorizada pelos pais a passar à frente, também, o sistema caiu). Enfim; me bateu uma tristeza tão grande, vendo todos que ali aguardavam o atendimento, num total desespero, sentindo-se impotentes nas mãos dos convênios, sem terem a quem pedir socorro, porque ali nem responsável administrativo tinha, ficando tudo por conta dos "profissionais" que estavam trabalhando... realmente, parecíamos zumbis inversos, a merce dos nossos sanguessugas, OS CONVÊNIOS...

Qual é seu Convênio? UNIMED? Que classe? 
A (VIP - vamos impedir proximidade)
B (BOM - bomba oculta em manobras)
C  (VAI DEPENDER)

P (PERSONAL - Pobre coitado, você tá lascado, pede pra sair, pede pra sair, pede pra m) Esta é a classe que minha filha se viu obrigada a fazer juntando os vips dela e de minha netinha, quando teve problemas financeiros... Ah! Não tenha vergonha de chorar, isto prova que ainda não virou um zumbi... 

VOCÊ É UM SER HUMANO E NÃO PERMITA SER TRANSFORMADO EM ZUMBI POR SEU PLANO DE SAÚDE!!!  

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Prêmio Baixada 2012 / Guapimirim: Comunicação Falada - Mary Monteiro

O Prêmio Baixada foi criado pelo Fórum Cultural da Baixada Fluminense como forma de reconhecimento e agradecimento ao cidadão que, de alguma forma de expressão cultural eleva e promove positivamente a Baixada Fluminense. 

E para receber o Prêmio Baixada 2012 - Comunicação falada... representando o município de Mesquita:

Mary Monteiro, radialista, produtora e apresentadora do programa de rádio "America no Coração da Baixada", na Tropical AM 830, localizada em Nova Iguaçu, há mais de sete anos no ar, desde 19 de fevereiro de 2005... O programa tem por objetivo principal promover e divulgar a Baixada Fluminense e sua gente, também é claro; o America Football Club RJ, bem como; abrir espaço para artistas de todo o nosso Estado...

Hei de torcer, torcer, torcer
Hei de torcer até morrer, morrer, morrer
Porque a torcida Americana é toda assim 
A começar por mim

A cor do pavilhão é a cor do nosso coração
Campeões de 13, 16 e 22
Temos muitas glórias e surgirão outras depois
Campeões com a pelota nos pés, fabricamos aos montes, aos dez...


Mary Monteiro, recebendo o Prêmio Baixada 2012 das mãos de Sergio Vasgestian, vice-Presidente do Fórum Cultural da Baixada Fluminense

E foi assim, portando a bandeira do AFC, cantando o Hino que, Mary Monteiro, subiu ao palco para receber o tão cobiçado Prêmio Baixada 2012 (já considerado por ela e pelos artistas da região como o OSCAR da Baixada Fluminense), momento de muita euforia e emoção para os presentes, para ela e para Kleber Moreyra, ator, dançarino, cover do Ney Matogrosso, representante cultural junto ao MinC do Ponto de Cultura que faz parte do projeto America no Coração da Baixada, atualmente, acontecendo no programa de rádio que leva o nome do projeto e na Escola de Futebol America do Amanha, ´todos vinculados também, a Ação Griô Nacional, que tem como Mestre Griô, Tia Ruth, 87 anos, torcedora símbolo do AFC RJ e comentarista esportiva do programa, tendo Mary Monteiro como Griô aprendiz, sendo por isto que, tudo por ela é retratado através do encantamento... Mary Monteiro, já no palco, de posse do microfone, se apresentou como faz na abertura do programa, terminando com o grito de "É da Baixada para o Mundo"... "Sangue, Sangue... (grito de guerra dos torcedores Americanos)".



Existe uma viagem encantada que se vive através dos trilhos 
Saindo de Saracuruna passando por várias estações de nomes pitorescos
Estação de Jororó, o mais encantado deles, seguindo em direção a Guapimirim
Lá vamos nós, de trem, à moda antiga, fazendo novos amigos...

Descobrimos o quão encantado é tudo por lá
Guapimirim, cidade linda, cheia de verde!
Do encantamento presente em todo lugar
Da vontade de ir e por lá ficar...



Saiba mais sobre o Prêmio Baixada no site:
 www.forumculturalbfluminense.org.br

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Juventude em perigo - Momento de muita comoção na reunião com os responsáveis...

Tia Ruth, torcedora símbolo do AFC e Madrinha da Escola de Futebol America do Amanhã sendo homenageada pelos atletas, na Copa Interna Tia Ruth, ela tem o maior orgulho e carinho por todos, vira uma criança quando está com eles.

O treinador Jairo Mello, hoje pela manhã, antes de começarem os treinos na Escola de Futebol America do Amanhã, reúne os responsáveis para falar sobre a tragédia dos jovens assassinados, com as fichas de dois dos jovens nas mãos que foram atletas dali... comentou comigo que o clima era de revolta, tristeza, medo, indignação e, que, após ouvirem suas palavras, foram tomados pelo desejo de se solidarizarem com as famílias dos jovens mortos, num explosão de prantos contidos, numa vontade de buscar consolo e consolar... foi algo assim, muito comovente ouvir um avô que estava presente, aguardando o netinho treinar, dizer que fora ao local do acontecido, porque soubera que tinham rapazes da vizinhança entre os corpos e se deparar com aquele quadro de horror, reconhecendo os rapazes, que eram bons meninos, de família... O que podemos dizer desta manhã é que todos estão com medo e ansiosos por justiça, acreditando na justiça, acreditando que haverá uma melhora na segurança desta região e que devem, mais do que nunca, zelarem por seus jovens... 

PRECISAMOS ACREDITAR NA JUSTIÇA! PRECISAMOS ACREDITAR QUE ELES NÃO MORRERAM EM VÃO... PRECISAMOS ACREDITAR QUE A VIDA NESTA REGIÃO SERÁ PLENA DE COISAS BOAS... ACREDITEM!!!


terça-feira, 11 de setembro de 2012

JUVENTUDE EM PERIGO, 6 JOVENS ASSASSINADOS NA BAIXADA

De repente, o dia ficou cinza, triste, carregado de emoção, ainda estou em lágrimas, por isso, resolvi entrar neste mundo virtual, tão envolvente, tão apaixonante, tão juventude, porque faz parte do mundo destes jovens, dos nossos jovens... vou tentar expressar aqui, meus sentimentos e, principalmente, o profundo pesar, deste que foi considerado o "paizão da Baixada", o treinador Jairo Mello da Escola de Futebol America do Amanhã, que me ligou há poucos minutos, com as fichas de dois, dos jovens assassinados, me dizendo:

Mary, estamos num clima de muito pesar e tristeza aqui no America do Amanhã, eu me sinto muito mal com o que aconteceu a estes meninos, eles tinham o sonho de serem jogadores, interrompido de maneira brutal por seres que; não consigo categorizar como humanos, porque seres humanos não fazem este tipo de atrocidade... eram jovens que tinham o "defeito" de brincarem, de se divertirem, eu convivi com eles, assim como, com toda esta juventude que hoje, está aqui... vejo o medo nos olhos deles, não sei como consolá-los, sinto-me impotente por não saber se isto poderá acontecer novamente, sei que preciso passar a eles confiança e segurança de que isto não acontecerá a eles, sinto-me sem chão... Sentindo em sua voz muita comoção, unido-me as suas lágrimas, tentava consolá-lo dizendo: eu sei o que você está sentindo, mas precisamos acreditar que isto não ficará impune, acredite também, pela primeira vez me ouvi dizendo: O BOPE já está no local, precisamos acreditar que isto não ficará impune, as autoridades já estão no local da tragédia o governo estadual já providenciando para que esta atrocidade não fique impune. Acredite! Passe a  esta juventude que vê em você o segundo pai, a confiança que eles estão precisando neste momento, recomende a eles para se protegerem com suas famílias, que enquanto não for tudo esclarecido pelas autoridades que eles não andem em lugares "estranhos"... Amigos, precisava passar a vocês, nossos sentimentos, nossas lágrimas, unidos as famílias destes jovens que, agora mais do que nunca, precisam de nossa solidariedade, do nosso carinho, porque é muito duro suportar tudo isso sozinho... 
NÓS PRECISAMOS ACREDITAR QUE A JUSTIÇA SERÁ FEITA !!!

Hoje, na Escola de Futebol America do Amanhã, o treino estava carregado de pesar e tristeza, porque dois dos jovens   assassinados foram atletas daqui...

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Ter a honra de receber novamente, Helio Justo, no programa...

31/8/2012 - 384ª Edição do programa America no Coração da Baixada no ar:


Dos estúdios Nelson Medeiros da rádio Tropical AM 830, da esquerda: Thassia Gabrielli, Mary Monteiro e Helio Jsuto

Atendendo ao pedido dos ouvintes, Mary Monteiro, entrevista novamente, Helio Justo, compositor e cantor, que viveu os anos de ouro da Jovem Guarda, compondo para Roberto Carlos, Amado Batista, entre outros famosos, também teve participação importante no início de carreira da cantora Rosimere... Helio Justo, segue a trajetória de outros compositores, lançando-se como cantor solo, regravando composições de sua autoria que fizeram sucesso na voz de ídolos da Jovem Guarda, com novo arranjo musical adequado ao seu timbre de voz, foi muito elogiado por todos que curtiram entusiasmados os relançamentos.

Convidada para compor a mesa por Mary Monteiro, a apresentadora do quadro "Nas Ondas de Gaby", Thassia Gabrielli, deu um show de informação. Emocionada, Thassia, elogiou e agradeceu ao Helio Justo pela honra de conhecê-lo, sentindo-se mais enriquecida culturalmente.

Tia Ruth, comentarista esportiva do programa como sempre (por telefone) deu sua contribuição falando sobre a situação do AFC e tecendo comentários sobre os outros Clubes de futebol do RJ.


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

JB Henrique e Kleber Moreyra, griôs, no programa do America...

24/08 - 383ª Edição, programa America no Coração da Baixada no ar:

Peço licença aos Mestres Griôs, peço licença aos Mestres de todos os Mestres, mas recebermos no programa, o griô, João Batista Henrique, o JB Henrique do facebbok, um dos fundadores do Museu da Maré, de uma família de artistas, ele também é ator, o maior contador de histórias de todos os tempos, não tem comparação a nada que se possa idealizar para um outro contador de história...

Ele chega, cantando a saudação dos griôs do Brasil

Sejam bem-vindos à nossa comunidade,
Quando vem traz alegria
Quando vai deixa saudade...

Dos estúdios Nelson Medeiros da rádio Tropical AM 830, à esquerda, Thassia Gabrielli, ao centro, Mary Monteiro e à direita, JB Henrique.


Ele já deixou saudade, se comprometendo em voltar, para deleite dos ouvintes e de todos que curtiram suas histórias, especialmente, por elas  retratarem a "famosa" comunidade da Maré. JB Henrique veio acompanhado de seu irmão Leandro Henrique, também ator... Durante toda a entrevista pudemos perceber o quanto o Museu da Maré tem importância para o JB, chegamos a comentar que parecia estar tatuado em sua testa o nome do mesmo... Mary Monteiro, lançou-lhe um desafio, contar sobre sua própria história de vida, algo que ele resumiu no após criação do Museu da Maré, com certa tristeza, disse ter-se afastado por sentir-se envolvido demais, acordava, dormia e vivia, direcionando tudo para o museu... Thassia Gabrielli, apresentadora do quadro "Nas Ondas de Gaby", falou sobre assuntos de interesse da juventude. Tia Ruth, nossa comentarista esportiva e Mestre griô (por telefone) falou sobre futebol geral, enfatizando as informações sobre o America Football Club

                    Da esquerda, Leandro Henrique, Mary Monteiro, JB Henrique e Thassia Gabrielli



17/08 - 382ª Edição, programa America no Coração da Baixada no ar:

Quando digo que, as vezes, o convidado não deixa furo, por não comparecer ao programa, é porque; ele abre espaço para outro mostrar seu trabalho, sua estrela de luz... e foi exatamente isso que aconteceu...

Com vocês: Kleber Moreyra (Ney Matogrosso da Baixada Fluminense), veio encantar e completar a falta do convidado..., algo que sempre é muito prazeroso para Mary Monteiro, contar com a presença deste artista multifacetado, que está sempre contribuindo em favor do Ponto de Cultura, toda vez que solicitado procura dar sua colaboração... lembrando que ele, assim como todos que ainda elevam o Ponto de Cultura do AFC, são voluntários, desta vez, Kleber estará novamente nos representando na TEIA Estadual em Paraty que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 deste mês...

Para quem ainda não sabe: T E I A (encontro de todas as culturas numa troca de experiências e de conhecimento, inclusive, do nosso futebol, num emaranhado perfeito, igual a construção da teia feita pela aranha, onde, todos os fios se encontram, no centro, numa total sintonia), costumo dizer que; a TEIA, também é o reencontro dos ponteiros, a oportunidade de se matar a saudade uns dos outros...
Na falta do convidado, demos mais espaço para nossa querida radialista mirim, Thassia Gabrielli, que apresenta o quadro "Nas Ondas de Gaby" feito especialmente para a juventude se mostrar e mostrar o que andam fazendo de bom para melhorar nosso país, convidada a compor à mesa por Mary Monteiro participou, juntamente com Kleber Moreyra de todo o programa... Foi ótimo! Pudemos ouvir a voz da  juventude e algumas opiniões sobre fatos atuais.... Os ouvintes gostaram! Ligavam dando os parabéns! Tia Ruth, nossa comentarista esportiva, por telefone, participou ativamente do programa, com informações atuais sobre o futebol.

Dos estúdios Nelson Medeiros da rádio Tropical AM 830: Kleber Moreyra, Mary Monteiro, ao centro, e Thassia Gabrielli à esquerda. É DA BAIXADA PARA O MUNDO!!!


Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes